Genebra – Suíça

Tags

, , , ,

Chocolateeeeee

Chocolateeeeee

Ah, sem dúvida um lugar diferente. Com valores diferentes, pessoas com mente criativa, que se preocupam com sua educação muito mais do que com os milhares de dolares, euros, francos suiços que passam pelos mais famosos bancos do mundo.

Genebra fica bem no cantinho oeste da Suíça, e eu cheguei lá vindo de Lyon em uma hora e uns 20 minutinhos de trêm. A cidade é, para uma capital, pequena. Com população de cerca de 185mil habitantes, é a segunda mais populosa cidade da Suíça, perdendo apenas para Zurique.

A Suíça é um país multicultural, pois lá se fala, além do idioma nativo, francês, alemão, um pouco de italiano e muito inglês (aprendido na escola). Sendo assim, a comunicação fluirá. Não se preocupem.

Conheci muitos lugares legais, dentre eles a sede da ONU. Infelizmente não pude entrar pois o último horário de entrada era às 16hs, cheguei por volto das 16:05hs.   A pontualidade deles é impressionante. MUITO impressionante. Não só em locais públicos. Mas no transporte. Se o trem está marcado para sair às 16hs, sairá assim que o ponteiro marcar esta hora. Assim que o ponteiro marcar.

Conheci também o maior chafariz europeu, que fica no lago central de Genebra, no parque, logo atrás do famoso relógio feito na grama, que marca uma das marcas mais famosas Suíças além dos bancos: Rolex.

Sede na ONU

Sede na ONU

Chafariz

Chafariz

Relógio

Relógio

Casarão antigo chiuquéeerrimo hehehe

Casarão antigo chiquéeerrimo hehehe

Banco Suíço

Banco Suíço

Rolex
Rolex

Curiosidades: o franco suíço, moeda utilizada na Suíça é muito caro. Então antes de chegar lá, chequem seus orçamentos muito bem.

Outra coisa é: o chocolate suíço é, sem dúvida, magnifico. Mas se pensar em comprá-los para levar de lembrança, separe uma boa grana antes.

Tive a oportunidade de provas dois pratos típicos enquanto estive lá: legítimo Fondue e algo do tipo “estrogonofe de vitela com macarrão”. Putz, simplesmente magníficos. Ah, quero mais!! Sem contar os queijos originários das produções feitas nos alpes suíços e os vinhos. Ah, quero mais mais mais mais.

Me apaixonei pela Suíça. Lugar lindo. Povo educadíssimo. Comida magnífica. Simplesmente inesquecível!

Marselha – França

Tags

, , ,

A segunda maior cidade da França me deixou um pouco decepcionada. Deixei de ir pra Nice pensando que conseguiria sentir melhor um clima de eras antigas em Marselha, já que começou a ser povoada por povoados gregos no século VII antes de Cristo.

Situada ao sul do território francês, na costa do Mediterrâneo, Marselha é populada por mais de 1 milhão e 600 mil habitantes, a tornando a terceira mais populosa cidade francesa, ficando atrás de Lyon e Paris.

Desembarquei na cidade de trem, e não fiquei muito. Estava apenas em conexão a Lyon, porém, como o trem demoraria muito a sair, resolvi andar pela cidade. Fui a alguns dos pontos turísticos mais conhecidos, e nem se quisesse conseguiria ir a outros. Não tem muitos pontos de informação na cidade, e os mapas são em francês.

A cidade dos muros merece uma atenção especial para ser descoberta: tem muros super altos no final de determinadas ruas. Muros completamente sem significado (para uma mera turista como eu), e que dificultou demais minha visita. Como o terreno da cidade é bastante desnivelado, ao subir uma rua exaustivamente alta, no final pode ter um muro e você ter que voltar. Depois do cansaço da subida, dá uma certa raiva. Então, cabe o aviso!

Vieux Port e Notre-Dame de la Garde

Conheci o Vieux Port (Velho Porto) – que é o maior porto comercial da França; a Cathédrale de la Major (sem tradução livre) – que foi pensadamente construída no ponto natural mais alto da cidade, a 162 metros de altura em relação ao Vieux Port e também o Cours Julien, que é o bairro onde as mais diferentes culturas se encontram. Posso dizer que neste local me senti gostosíssima e feiosíssima com os olhares de um povo caloroso e conquistador por suas origens e outros assumida e orgulhosamente gay, por origens também.

Locais que gostaria de ter conhecido, porém não deu tempo ou eram longe, são a Notre-Dame de la Garde (http://en.wikipedia.org/wiki/Notre-Dame_de_la_Garde) e o Castelo de If (http://pt.wikipedia.org/wiki/Castelo_de_If).

Centro de Marselha

Só uma observação: o trem para Lyon era lento. Super lento. E não tinha me avisado. Não pude conhecer Lyon. Pior parte da viagem… Mas no próximo post conto mais.

Cathédrale de la Mayor

Barcelona – Espanha

Tags

, , , , , ,

É um lugar lindo, sem sombra de dúvida brasileiro se identificaria muito.

Apesar dos inúmeros pontos turísticos, “la ciudad” se destaca pelo calorzinho que nos ataca e nos relembra de casa, pelo clima praieiro quando você vê o mar, o barzinho, a cerveja e a batata frita. Pronto! Para muitos, a festa está armada.

Mas olhando pelo ar de simples turista, independente da origem, Barcelona agrada e muito! A cidade é grande, mas é proporcionalmente bonita e bem armonizada com cores, seja da bela arquitetura herdada do arquiteto Gaudí, ou belo céu quase sempre azul  ou pelas várias árvores dispostas pela cidade, sem esquecer, é claro, do Parc Guell, que é mais um obra de Gaudí (será novamente citado abaixo).

No quesito pontos turísticos, os principais são:

 – Parc Guell, que tem uma arquitetura única, que não ousaria explicar pois trata-se de “um conjunto estruturado onde, dentro de um incomparável quadro de beleza natural, se situariam habitações de luxo, com todos os progressos tecnológicos da época e acabamentos de grande qualidade artística”, segundo a maravilhosa fonte Wikipédia.

 – Sagrada Família, igreja que foi assumida por Gaudí em 1883 e foi seu projeto de vida e também considerada uma de suas melhores obras, ainda não foi fina lizada. Gaudí faleceu 40 anos depois de a ter começado, e sua previsão de término é para 2026. Em 2005, as obras realizadas por Gaudí foram incluídas como Patrimônio Mundial da UNESCO.

 – La Rambla: é a principal rua de Barcelona e famosa por seu foco comercial, localizada ao sul da cidade de Barcelona, finalizando perto do porto e do Bairro Gótico.

 – Font Montjuic e Show das águas: o parque onde a fonte está localizado serve para um passeio super agradável, e aos sábados à noite as 20:30h acontece o show das águas, que é um espetáculo maravilhoso.

– Estádio do poderosíssimo Barcelona: não precisa explicações né?

Barcelona tem muitas outras coisas interessantes como bares, que a noite são super animados e vários museus e também obras espalhadas pela cidade toda.

Sem dúvida, uma cidade a ser visitada!

A Casa Milà, também conhecida como La Pedrera, é um edifício desenhado pelo arquitecto catalão Antoni Gaudí e construída entre os anos 1905 e 1907.

A Casa Batlló é um edifício, arquitetado por Gaudí e foi construída no período 1875 a 1877.

Vista da cidade de Barcelona do alto do Parc Guell

Referências:

Antônio Gaudí –  http://pt.wikipedia.org/wiki/Antoni_Gaud%C3%AD

Parc Guell –  http://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_G%C3%BCell

Sagrada Família – http://pt.wikipedia.org/wiki/Templo_Expiat%C3%B3rio_da_Sagrada_Fam%C3%ADlia

La Rambla: http://pt.wikipedia.org/wiki/La_Rambla_(Barcelona)

Eurotrip: os destinos

Para planejar esta “farrazinha”, segui o seguinte roteiro: 

Barcelona – Montpellier – Marseille – Lyon – Genebra – Verona – Veneza – Roma – Florença – Pisa – Viena – Praga e Frankfurt. Mas claro, sem contar com a cidade final. Ela, e novamente, e somente ela, Londres.

Hoje escreverei sobre Barcelona. A cidade mais calor humano que conheci na Europa.

Am I back? Yes, I am.

Já de volta ao Brasil, e depois de tanto tempo sem aparecer por aqui, resolvi voltar a escrever. Vou postar aqui o resultado dos meus últimos meses na Irlanda, mas resolvi também mudar um pouco o tema do blog.

Antes, além de viagens, da vida na Irlanda, contava coisas sobre mim, uma vida particular que acredito não ser interessante mostrar mais. Àqueles que se interessam por cultura, laser, um pouquinho de política, sendo ela partidária, conversada ou simplesmente enrolação e também futebol, é disso que falarei por aqui. 

Estou escrevendo os próximos posts, cuidadosamente, porque tem muita viagem. Mas logo logo chega aqui.

Até mais!

Volta pra casa

Tags

, ,

É estranho. Eu sei que ainda não realizei que a volta de fato aconteceu. Mesmo que meu voo em Guarulhos tenha atrasado quase duas horas, o trânsito de BH tenha me feito demorar ainda mais para chegar “em casa”, a temperatura esteja altíssima, mesmo depois de uma chuva forte, e eu ser obrigada a dormir sem edredom.

Nao sei se é pelo fato de que muitos presentinhos ainda estao embrulhados, o que significa que nao vi ninguem ainda, ou se é pela diferença horária. Não sei. Acho que meu corpo e minha mente pedem necessitadamente por uma pausa para entender o mundo la fora. As mudanças que novamente estão por vir, e as que ja vieram mas ainda não foram entendidas.

Acho que uma boa noite de sono ajuda. Claro que nao é como eu queria, mas é uma noite de sono em uma cama, o que neste caso consta muito.

Boa noite.
E vejo vcs.

Ano Novo?

Tags

, ,

Sim, 2011 foi um ano maravilhoso para alguns, e para outros nem tanto. Há quem diga que o ano passou voando, e aqueles que não viam a hora de que desse 00:00am. Mais diferença ainda há entre aqueles que viveram o ano, e aqueles que só passaram por ele.

Olhando pra essas diferenças, a cada ano que chega eu me faço a mesma pergunta: por que? Acho que a resposta só será dada para cada um em si, se tiver curiosidade de saber.

Sei que genética conta muito, que a comodidade de uma vida mais ou menos é suficiente para muitos, mas vem cá, se você não fez nada para seu ano brilhar, ser diferente, ser vivido, não me vem reclamar que o ano foi um saco, cheio de blábláblás que isso sim enche a minha paciência!!

Então, em nome de um ano novo cheio de emoções, altos e baixos, idas e vindas e todos os clichês possivelmente aplicados neste caso, vamos parar de pedir tanto. Que tal fazer algo???

Aos que se dedicaram acima de suas próprias capacidades, àqueles que colocaram em prova suas crenças, seus medos e deram a cara a tapa, a esses, eu desejo um Ano Novo ainda mais capaz, com mais coragem e agradecimentos.

Aos que passaram o ano de 2011 esperando… Desejo só uma coisa: uma nova descoberta de você mesmo.

Bjs queridos!!
Bora fazer 2012 ser ainda mais bacana!!

Vivendo (financeiramente) Dublin

A crise da Irlanda, segundo os jornais, está passando. Embora o desfalque nas contas públicas tenha sido estrondoso, o governo irlandês foi bastante ágil ao retomar as rédias da situacao e levantar a economia novamente. E isso tem aumentado as perspectivas para a vinda de novos estudantes para cá. Uma vez que a crise tenha passado, os empregos voltam, o turismo volta, e o giro de estudantes recomeca.

Para aqueles que pensam em vir par a terra da esmeralda, como também é conhecida esta querida Irlanda, vou tentar fazer uma lista de gastos, apresentando na média pelos que eu tive e depois explicando os porquês.

Moradia:

1 – Aluguel: 200 a 3oo euros por mes;

2 – Conta de luz: 20 a 40 euros a cada dois meses;

3 – Conta de internet: 15 a 25 euros por mes;

4 – Conta de gas: 20 a 40 euros a cada dois meses;

Quando acabamos de chegar aqui, e nao temos trabalho, nao é bom ficar em um quarto/apto sozinho, porque os gastos serao dobrados e as vantagens nao serao tao grandes. O dinheiro que se economizar com isso te facilitará muita coisa lá na frente.

As contas que coloquei sao para um apto com 4 pessoas, que é, para mim, o melhor tipo de parceria que pode ter aqui entre preco/beneficio.

Média: €300 mensal

Comida

1 – Mc Donalds, Burger King, KFC: media de 6,50 euros o lanche;

2 – Tesco, Lidl e Audi: 15 euros por semana;

3 – Restaurantes “Come até cansar”: media de 7 euros com refrigerante/agua;

4 – Restaurantes “A la carte”: 10 a 15 euros por refeicao com bebida inclusa;

5 – Restaurante Brasileiro (geralmente é “self service sem balanca”): de 7 a 9 euros por refeicao com bebida inclusa;

Com o cartao de estudante, o Big Mac no Mc Donalds fica mais barato.

Tesco, Lidl e Aldi sao supermercados baratos que tem tudo que precisa. No Lidl voce pode encontrar precos ainda mais baixos, e o valor que coloquei ali em cima é baseado em uma pessoa que faz apenas uma grande refeicao por dia em casa.

Média: €150 mensal

Celular

1 – Gastos com celular: 20 euros por mes;

Quando voce opta por um chip da Vodafone, vem de “brinde”, se carregar 20 euros ou mais por mes, free vodafone-vodafone ligacoes e mensagens (se colocar 30 vem free internet ilimitada).

A maioria (99,9%) dos brasileiros que moram aqui sao Vodafone, o que facilita muito, porque para manter contato (que eu sei que ninguem deseja no comeco mas depois de um tempo vai perceber o quanto é necessario) voce nao paga.

O preco das ligacoes para o Brasil com a Vodafone sao: 25 centavos de euro o minuto para celular; 9 centavos de euro o minuto para fixo e 13 centavos de euro para mandar uma mensagem.

Média: €20 mensal

Transporte

Ônibus, Luas, Dart, táxi. Tudo depende de onde voce quer ir, e da situacao em que se encontra.

Ônibus: de 1,20 a 2,30 euros o trecho.

Luas: de 1,50 a 2,80 o trecho.

Dart: quase o mesmo preco do onibus, mas tambem vai para outras cidades, entao vale a pena olhar aqui: http://www.irishrail.ie/home/;

Táxi: varia entre 1,03 e 1,40 euro o km, mais um euro por pessoa que esta no carro;

Um link muito bacana que vai explicar direito como o transporte aqui funciona é: http://www.santoirish.com.br/blog/2011/10/17/transporte-em-dublin-como-usar/

Média: € 15 mensal

Pubs, festas e diversao

1 – Uma pint (copo de cerveja de 568ml): 5 euros;

2 – Tequila, vodka, whisky (por dose): 5 a 7 euros;

3 – Cidras, espumantes (Bulmers e Kopparberg) por garrafa: 3 a 6 euros;

4 – Comidinhas (que da pra todos petiscarem): de 10 a 15 euros;

Tem alguns Pubs que a bebida é mais barata em alguns dias da semana, porém voce só encontrará brasileiros. Mas uma boa dica de um ambiente legal, com preço bom (pint por 3,20) é o O’Reils. Se der vontade de conhecer, é embaixo da estacao do Dart (ja explico) da Tara Street.

As doses de vodka e whisky vem exatamente a medida, nao tem a famosa “caprixada” brasileira. Entao pense bem antes de curtir a noite assim, senao o preju no bolso sera grande.

Lembrando que os pubs fecham geramente entre 2:30 a 3am. Entao, va cedo!

Média: € 70 mensal

Roupas, acessórios e extras

Penneys: loja de roupas super barata, que com 50 euros voce sai com tudo o que precisa;

Euro € 2 shop: tuso o que voce precisa de acessorios para casa, mais chocolate, alguns refrigerantes, materiais de higiene da casa e pessoal, por 2 euros (tipo 1,99 do Brasil, mas eu acho bem mais util);

Farmacia: remedios nao sao muito caros, mas a maioria pede receita.

Para os desavisados, tudo que envolve sexo e seus metodos de seguranca e contracepcao é mais caro aqui porque a Irlanda é um pais exageradamente católico. Entao, traga de casa para nao ter problemas futuros.

Média: € 30 mensal

Resumindo

Ao final do mes, se voce optar por nao sair muito e usar nao muito transporte publico, podemos colocar na listinha dos gastos um calculo de mais ou menos € 585.

Vale a pena?

Bom, espero que eu tenha conseguido passar um pouquinho dos gastos que temos para viver aqui, e se eu lembrar de mais alguma coisa, volto a escrever aqui.

Enjoy it!

Atitude que faz a diferença!

Tags

, ,

http://www.youtube.com/watch?v=aEcImC1FIdw&sns=em

É lindo ver uma “propaganda” assim. Mas infelizmente não é só isso.

Quando vejo comerciais da SKY daqui (que não tem nada em comum com a do Brasil) pedindo para salvar a Amazônia (que nem é, de certa forma, problema deles) eu me pergunto: onde está o nosso patriotismo agora? Como podemos exercer o orgulho de ser brasileiro se cada dia a perversidade de desmatar está maior?

Não sei por vocês, mas a primeira vez que ouvi alguém intervir publicamente em TV aberta, sem intenções escondidas, pelo salvamento de espécies ameaçadas da floresta amazônica foi aqui, a mais de sei lá quantos mil quilômetros de distância.

Já passou da hora de fazermos algo. Então, se eu puder pedir algo, peço um favor: antes de publicar estas coisas lindas, entrem no site da WWF, do GreenPeace, da Sky Européia ou qualquer outro e leiam. Conheçam a história por trás dessas belas imagens e façam alguma coisa!

Orgulho só não vai reconstruir nem reviver tudo que foi, está sendo e será destruido.

Obrigada!

Amsterdã

Tags

, ,

Pra que tem curiosidade em conhecer um pouquinho mais sobre a viagem que fiz a Amsterdã, da uma passadinha no blog da queridíssima Aline Leone ( http://diariodebordosonhos.blogspot.com/p/viagens-e-viajantes.html ).
Alem de descobrir um pouco mais dessa “cidade da legalidade”, la da pra encontrar dicas de outros lugares tao bacanas quanto esse!!

Bjo pra vcs!